Google+ TRICÔ? SIM! tricô contemporâneo: Tipos de fios

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Tipos de fios

Então... essa conversa vai render, viu?

O tricô pode ser feito com fibras naturais ou artificiais/sintéticas ou ainda com fios que misturam as várias qualidades dessas fibras. Para um trabalho, é importante encontrar uma boa relação projeto/ponto/fio/utilidade.

No vídeo eu falo um pouco mais sobre isso.



Artificiais/ sintéticos

Vamos começar com os fios “man made”, ou seja, feitos pelo homem. O que nos leva ao acrílico e sua família muito unida e também muito ouriçada.
Neste conjunto encontramos fibras artificiais derivadas de celulose e fibras sintéticas derivadas de produtos petroquímicos.
Os tecidos feitos com viscose, raion, poliéster, acrílico e nylon, secam muito rápido, são super resistentes e quase não amassam, mas não absorvem a transpiração,e podem queimar na hora de passar.

Naturais

As fibras naturais são o algodão, o linho, a lã e a seda E SÓ. O resultado são tecidos confortáveis e flexíveis, duráveis, que absorvem a transpiração, mas amassam com mais facilidade e podem desbotar com o tempo.

UFA! Eu precisava falar isso!

Escolher o tipo de fibra para o trabalho é importante para o resultado que você quer ter. Não é exatamente “natural bom”, “artificial ruim”... Você não vai usar um fio de seda pra fazer uma cama pro gato! Então quando for fazer o próximo projeto, leve em conta as variáveis verba, finalidade da peça e o tipo da peça.

Espero ter ajudado!